Ourém, Reativa, criatividade, hub criativ

Design, algo omnipresente…

O Design gráfico ocupa uma intersecção entre a ciência de comunicar e a arte do estético, no seu sentido mais abstrato, o design gráfico enfatiza a comunicação visual, usando um vasto leque de elementos e diferentes médias para promover uma mensagem específica, um “artista” com base científica.

O objectivo? Tornar o mundo mais bonito.

O Design Gráfico tem Princípios…

O design dá mais força e eficácia a uma história ou campanha, o trabalho de design gráfico começa normalmente numa base standard de opções, que foram moldadas ao longo do tempo e da evolução tecnológica, baseado em estudos psicológicos sobre o comportamento humano.

 

Existem várias técnicas utilizadas no design gráfico, como usar uma paleta de cores específica para gerar uma determinada resposta emocional. Não é só desenhar e “fazer bonecos”.

 

Nesta “ciência/arte” os designers utilizam vários elementos para criar uma composição gráfica, tais como:

  • Letras ou Tipografia – Pode transmitir um sentido, uma fonte bold sem serifa é mais expressivo que um tipo de letra de traço fino e desenhado.

 

  • Formas –  As formas geométricas ou não geométricas, comunicam com a audiência de diversas maneiras. Formas ovais tendem a ser mais acolhedoras, que formas retas, que dão um aspeto mais formal e “arrumadinho”. A própria orientação das formas no “papel”, seja um padrão ou aleatório contribui em muito para comunicar a ideia.

 

  • Cores – As cores e a mistura das mesmas influenciam diretamente a emoção do público.

 

  • Texturas – Adicionar texturas fora do normal, como tecido, verniz localizado, cortiça, que oferecem uma experiência tátil diferente que vai além do aspecto visual, dando mais uma dimensão ao trabalho.

 

  • Espaços em branco – a ausência de elementos pode ser uma forte presença, Design com muitos “espaço em branco”, pode transmitir sofisticação ou requinte. Mais espaço em branco leva a uma leitura mais fácil.

Mas apesar de todas esta ciência que acompanha o design gráfico, cada designer usa a criatividade como a sua melhor “técnica”.

Ferramentas de Design Gráfico

Um designer gráfico tem que produzir em diversos tipos de media (packaging, poster, websites etc). Hoje em dia está generalizado o recurso a software gráfico para a criação de composições gráficas. A Adobe lidera as opções de software para designers com:

 

  • Adobe Illustrator – Conhecido por suportar grandes escalas e gráficos vetoriais. Muito utilizado para criar infografias, ícones, logotipos e peças relacionadas.

 

  • Adobe Photoshop – Usa um sem fim de funções específicas de edição de imagem. Tal como filtros para ajustar fotografias ou imagens.

 

  • Adobe InDesign – Utilizado para compor elementos mais específicos, como layouts para revistas, livros ou outro tipo de publicações.
O Design é como deus está em todo o lado.

Somos expostos diariamente ao trabalho destes profissionais, desde cartazes publicitários, páginas web, a chávena de café, o cartão de visita ou simplesmente a placa de saída de um estabelecimento.

Há também quem prefira programas open-source, seja por falta de fundos seja por ideologia, em vez do Photoshop usam o The Gimp, substituem o Illustrator pelo Inkscape e em vez do InDesign têm o Scribus.

 

Damos também um pequeno destaque para o Sketch App, Uma ferramenta de design gráfico focado no mundo Digital. Possui um sem fim de possibilidades desde websites, apps, motion graphics e até jogos.

No Comments

Post a Comment